Liliana Viana

Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo; (Salmos: 9. 1.2)

Quando Davi entoou este cântico à Deus, provavelmente usou um único instrumento:  sua harpa. E olha, não era uma harpa como as que conhecemos hoje.
Digo provavelmente,  pois ele pode ter usado somente a sua voz.
Hoje,  temos em nossas igrejas muitos instrumentos. Isso é bom, pois para Deus devemos dar sempre o melhor. Observe que eu disse O Melhor. Nem sempre isso significa muitas vozes e instrumentos perfeitos e afinados.
O Melhor louvor é aquele que é dado de todo coração.

Se hoje não temos o melhor violão,  o melhor piano, bateria, instrumentos de sopro, as melhores vozes, que tenhamos corações contritos e submissos Àquele que é que é Digno de toda exaltação!!!

A Ti Senhor o nosso Louvor!

(Liliana Viana, 17/12/2017)

Anúncios

O MAL DO SÉCULO SÃO AS DOENÇAS EMOCIONAIS

Nossa alma precisa de Deus e somente com submissão, santificação  seremos restaurados.

Santificação é um processo,  portanto importantíssimo se submeter.

Não buscamos a Palavra o quanto precisamos. Não  vivemos a Palavra o quanto deveríamos.

Os males do presente século,  as preocupações,  vão minando nossa estrutura emocional. É urgente o fortalecimento das emoções, da alma como um todo e do espírito humano.

Só a Palavra fortalece o espírito.  A alma pode ter ajuda externa, mas é com um espírito humano restaurado e fortalecido pela Espírito de Deus que seremos transformados na pessoa de Cristo. Essa cura é a cada dia vivendo mais de Cristo e menos de mim. Por isso precisamos mergulhar diariamente na Palavra e ir fundo no relacionamento com Deus.

É difícil negar a se mesmo. Mas,  é necessário e é o Espírito de Deus que nos capacita a isso através do nosso espírito.

Como disse Billy Graham: dobre os joelhos e ore até que você e Deus sejam amigos intimos.
E eu acrescento: E medite diariamente na Palavra até que você se pareça com Jesus.

Que Deus nos abençoe e nos conforme a imagem de Seu Filho.

(Liliana Viana – 23/11/2017)

Há cerca de 2 meses estou orando e meditando no salmo 23. Estou no primeiro versículo.

Salmos 23:1 “O Senhor é meu pastor, DE NADA SINTO FALTA”. (Melhor tradução) .

Decorei todo o salmo 23 desde a minha meninice. E já lá se vão mais de 5 décadas.

Sinceramente minha conversa com o Pastor amado é que a minha alma sente falta de muitas coisas. Minha alma e meu corpo também. Por isso me detive no primeiro verso em oração. Estou na igreja a vida toda e vejo que como eu muitos têm “necessidades não supridas”.

Dia-a-dia refletindo e conversando com o Senhor. Sem pressa. Apenas aguardando, enquanto medito e repito dia após dia nas minhas orações: “O Senhor é meu pastor, DE NADA SINTO FALTA”.
O Espírito começa a falar e trazer a pessoa do Pastor para o centro dos meus questionamentos e inquietudes.

Essa semana a voz do Pastor começa a ecoar na alma:
> Quantas coisas deixaram de ser importantes, quantas percebidas como desnecessárias na caminhada pelos vales da vida? Delas não sinto mais falta.
> Quantas outras necessárias,  imprescindíveis e sem condições de te-las e o pastor proveu? E destas não sinto mais falta, pois o Senhor sabia que era necessário e milagrosamente recebi e aprendi a receber, pois não veio da outra ovelha. Veio do Pastor amado.

Continuo ainda meditando e aprendendo que De Nada Sinto falta. O Pastor mostra, mostrará,  transforma e transformará em insignificantes as ditas “NECESSIDADES” sem importância alguma ou trará a provisão necessária e nos levará sempre a deitar em pastos verdejantes, NÃO SENTINDO FALTA DE NADA. O PASTOR NOS BASTA.

Será que a ovelha já está pronta para seguir com o Pastor até os verdejantes pastos do verso 2?

Ouvindo a voz inconfundível do meu Pastor,  prossigo. Eu conheço Sua voz.

(Liliana Viana, 07/12/2017)

POR VEZES A HISTÓRIA DE JÓ SE REPETE (LÓGICO QUE EM MENOR GRAU)

  • Perdemos a Fazenda, os negócios, o meio de sustento  (O desemprego bate à porta, e arrumar uma nova colocação depois de certa idade fica quase impossível);
  • Perdemos os bois, as ovelhas, as jumentas, os camelos e todos os animais (os bens, o carro que tem que ser vendido para pagar as contas);
  • Perdemos os servos (serviços contratados precisam ser cancelados: faxina, internet, celular, etc);
  • Com tantas perdas chegam a angústia, a ansiedade, a depressão, a saúde se vai (E com ela o Plano que deveria ser denominado de doença); e
  • Os amigos se afastam, ou aparecem somente para acusar,  trazendo suas respostas, seus conceitos para tanto sofrimento, que é sempre visto como um castigo, resultados de pecados cometidos pelo sofrido “Jó”.

    Felizes somos, pois Elifaz, Bildade, Zofar e Eliú não chegaram até nós com suas perguntas e respostas de condenação.

    Felizes somos, pois os Pedros, as Dorcas, os Barnabés da igreja não mais primitiva, nos visitaram trazendo vestes, pão, azeite, amor e consolação.

    Felizes somos, pois a resposta encontrada no diálogo do Jó de Uz com o Soberano Criador,  é a mesma para os Jó’s que hoje sofrem suas perdas: DEUS

    Que nossos olhos possam vê-lO!

    (Liliana Viana 02/11/2017)
    #ObrigadaDeus!
    #ObrigadaFamília!
    #ObrigadaAmigosIrmãos!

Fica a reflexão em minha mente…
Como estamos repassando os valores à está nova geração de crianças e adolescentes?

Ainda não entendemos que independente da condição social,  da cultura, das características físicas e tantas outras variáveis entramos nus nessa vida e dela saímos sem nada.

Não há diferença se o outro é branco, negro, amarelo ou se sua pele é vermelha. Se os olhos são claros,  escuros, cabelos pretos ou de qualquer outra cor. Por que muitos menosprezam e hostilizam o que é mais pobre, diferente, magro ou gordo ou até aquele que não cheira bem?

Porque hostilizar? Se nesta vida podemos parecer superiores ou melhores que outros, o túmulo fundo e frio nos mostrará o nada que somos e o quanto todos mal cheiramos.

Não é certo responder violência com violência.  Olho por olho, dente por dente. Mas também não é certo não sentir a dor do outro, não aprender a respeitar.

Chocada com as mortes da vitimas.  Mais chogada ainda com a “morte” silenciosa do adolescente agressor. Morte essa que começou tempos atrás,  dia-a-dia, em cada menosprezo, em cada ridicularização,  matando aos poucos sua alma juvenil. E finalmente,  arrancando sua inocência e levando-o a prisão, talvez perpetua, da culpa, da auto-condenação da sua alma doente, carente de amor.

Em uma sociedade onde valores importantes são deixados de lado,  onde ideologias passam a ter mais importância que a construção sadia de um ser, onde o ter, o saber, a ganância,  substituem o amar,  o sentir e até o próprio Deus. Em uma sociedade que caminha rumo ao abismo, vamos continuar convivendo, cada vez mais com o mal cheiro da intolerância que exala das almas aflitas e carentes de amor,  respeito, valores éticos e de Deus.

Falta em nós o BOM PERFUME DE CRISTO!

(Liliana Viana – Rio de Janeiro 21/10/2017)

PRECISAMOS LER,  ESTUDAR E MEDITAR NA PALAVRA

O que te ensinam na igreja (pastores, padres, missionários, etc) tem base na Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada?

A interpretação está correta, é confiável, baseada nos escritos originais?

Você pode estar caminhando para a perdição eterna por não conhecer a verdade.

Faça como os cristãos Bereanos no primeiro século:
Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, porquanto, receberam a mensagem com vívido interesse, e dedicaram-se ao estudo diário das Escrituras, com o propósito de avaliar se tudo correspondia à verdade.

Atos dos Apóstolos: 17. 11.

Por motivos de segurança não podemos citar o nome da criança. Assim, vamos chamá-la simplesmente de Criança A.

Todos os domingos a Criança A ia para à do Pai para estar com Ele e com os seus outros irmãos. Ali ela se alimentava com pão, leite, com alimentos sólidos e saudáveis e até com mel, que ela gostava tanto.

No entanto, durante a semana a Criança A simplesmente não comia nada. Não que o alimento não estivesse ao seu dispor, pois o Pai supria a casa com uma cesta que continha todos os alimentos necessários para o seu crescimento, mas simplesmente porque ela não queria se alimentar.

O pai da Criança A não era omisso e nem negligente. Ele há tempos havia preparado tudo que seus filhos tinham necessidade e disponibilizado para eles bastante leite, pão, alimentos sólidos em fartura e até mel.

Ele sabia da importância do leite na primeira infância. O leite é composto de PROTEÍNAS, de ENZIMAS, de CÁLCIO e de VITAMINAS.

As PROTEÍNAS atuam na construção de novos tecidos do corpo humano, também no transporte de substâncias como, por exemplo, o oxigênio e agem no sistema de defesa do organismo, neutralizando e combatendo vírus, bactérias e outros elementos estranhos.

As ENZIMAS agem no metabolismo humano. Elas agilizam as reações químicas das células aumentando a velocidade com que elas trabalham, assim, a sua atuação se torna mais eficaz, fazendo com que haja um melhor desempenho.

O CÁLCIO é o mineral de principal aproveitamento dentro do organismo humano. Ele possui funções importantes como atuar na formação estrutural dos ossos e dos dentes. Também possui grande importância no estabelecimento do equilíbrio juntamente com o fósforo e coordena as ações do sódio e do potássio, na contração muscular do coração.

As VITAMINAS asseguram a saúde e têm funções específicas. A falta de alguma delas vai provocar distúrbios. Como o exemplo a falta da Vitamina A que afeta a visão e da Vitamina D que provoca o raquitismo.

O Pai sabia também da importância de uma alimentação rica e forte. Na cesta disponibilizada também tinha Pão e Alimentos sólidos. Uma criança não pode se alimentar só de leite por toda a sua vida. Ela precisa de alimentos saudáveis e sólidos e isso o Pai nunca deixou faltar para seus filhos.

Estava disponível, mas era necessário que a criança desejasse se alimentar diariamente para poder crescer e atingir a estatura do Pai.

Para compor a cesta, um ingrediente muito bom e necessário o Pai também disponibilizou: O Mel, que é rico em proteínas, vitaminas e sais minerais, auxiliando em problemas respiratórios, nas funções intestinais e sistema circulatório. O mel tem ação bactericida, anti-séptica, cicatrizante e revigorante.

Algumas daquelas crianças compreenderam a importância de se alimentar e o faziam diariamente. Contudo, essa não. A Criança A acreditava que somente a comida do domingo, deliciosa, seria suficiente para nutri-la. Às vezes ela tomava um copinho pequeno de leite em um dos dias da semana, e mais nada.

Com o tempo a Criança A ficou raquítica, sem forças e o desanimo tomou conta da sua vida. Assim, começou a faltar ao encontro semanal onde o Pai reunia os seus filhos para um momento gostoso de comunhão em família. Desta forma, ela ficou totalmente sem se alimentar.

Infelizmente, comunicamos que a Criança A faleceu dias atrás. É com muito pesar que damos essa noticia, pois sabemos que o Pai Amoroso sempre alimentou seus filhos queridos através da sua Palavra que é Leite, Pão, Mel e Alimento para o nosso espírito.

Precisamos diariamente da Palavra de Deus para que possamos nos fortalecer em Cristo. Para os que estão iniciando ela é Leite, que vai atuar na formação básica do nosso homem interior. Depois, não podemos somente ficar no Leite.

Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal. (Hebreus 5.13-14)

É vital para o nosso crescimento espiritual e relacionamento com o Pai que nos dediquemos à leitura e meditação da sua Palavra, a Bíblia Sagrada. Por isso Deus a comparou com alimentos tão básicos e necessários como o Leite, o Pão e o Mel. É muito importante estarmos dominicalmente na Igreja em comunhão com Deus e com nossos irmãos. No entanto, não é o suficiente. Se comermos apenas uma vez por semana nosso corpo ficará desnutrido e morreremos. Com a Palavra de Deus acontece o mesmo. Sem ela morremos espiritualmente.

Dedique-se a meditação diária da Palavra de Deus!

Seja um crente maduro!

Visite meu outro BLOG

POR CAUSA DA FLOR. Essa é uma simples estória de uma lama, que morou perto de uma flor e adquiriu o seu perfume. Que sejamos contagiados pelo aroma de Cristo. DEle somos o Bom Perfume.
http://porcausadaflor.wordpress.com/

REFLEXÃO

Quando nos deparamos com a escolha de caminhos, a questão não é: Isto é bom ou mau? É útil ou nocivo? Não; a pergunta deve ser: ‘Isto é do mundo ou de Deus?’ Uma vez que só há este conflito no universo.

(Watchman Nee)

A BÍBLIA EM AUDIO

A Palavra de Deus para aqueles que não podem ler ou enxergar, e para os que desejam ouví-la no carro ou em momentos de comunhão a sós ou em família. Narrada pelo Pastor Paulo Castelan, editada em 2001, com texto ACF da Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil. (Clique na Imagem)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: